A história da Cidade

PIRAPOZINHO SÃO PAULO


HISTÓRICO


Em terras de Francisco Bertasso e Benedito Reis Barreiro, vizinhas de Presidente Prudente e a este ligado apenas por uma picada aberta na mata, iniciou-se a povoação, que tomou inicialmente o nome de São João.


Em 1933, o engenheiro da Prefeitura de Presidente Prudente, Albino Gomes Teixeira, projetou um loteamento e passou a vender os lotes no patrimônio de São João.


O povoado passou a atrair moradores, principalmente de Minas Gerais e de outras regiões de São Paulo, criando-se o distrito de paz em dezembro de 1936, pertencente a Presidente Prudente, porém já com o nome de Pirapozinho, em virtude do ribeirão do mesmo nome.


O desenvolvimento agrícola e comercial de Pirapozinho levou a elevação a Município em dezembro de 1948.


Dos distritos incorporados na emancipação, Estrela do Norte, Tarabay, Narandiba e Itororó do Paranapanema, restou hoje apenas este último sendo que os demais ganharam autonomia.


GENTÍLICOS: PIRAPOZENSE; PIRAPORENSE; PIRAPOENSE.


FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA


Distrito criado com a denominação de Pirapozinho, por Lei Estadual no 2794, de 26 de dezembro de 1936, no Município de Presidente Prudente.


Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Pirapozinho é distrito judiciário do Município de Presidente Prudente.


No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual no 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito permanece no Município de Presidente Prudente.


Pelo Decreto-lei Estadual no 9775, de 30-XI-1938, o Distrito Pirapozinho perdeu parte do território para o novo Distrito de Coronel Goulart, do mesmo Município de Presidente Prudente.


Em 1939-1943, o Distrito de Pirapozinho permanece no Município de Presidente Prudente. Assim figurando no quadro fixado pelo Decreto-lei Estadual no 14334, de 30-XI-1944 para vigorar em 1945-1948.

 

Elevado à categoria de Município com a denominação de Pirapozinho, por Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembrado de Presidente Prudente. Constituído de 2 Distritos: Pirapozinho e Narandiba. Sua instalação verificou-se no dia 09 de abril de 1949.

 

No quadro territorial fixado pela Lei Estadual no 2456, de 30 de dezembro de 1953 para vigorar no período de 1954-1958, o município é constituído de 5 Distritos: Pirapozinho, Narandiba, Estrela do Norte, Itororó do Paranapanema e Tarabaí.


Lei Estadual no 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra do Município de Pirapozinho o Distrito de Tarabaí.


Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, é formado de 4 Distritos: Pirapozinho, Estrêla do Norte, Itoroó do Paranapanema e Narandiba.


Lei Estadual no 8692, de 28 de fevereiro de 1964, desmembra do Município de Pirapozinho os Distritos de Narandiba e Estrela do Norte.


Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído de 2 Distritos: Pirapozinho e Itororó do Paranapanema.


Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.